(47) 3361-5853

História

Berço nativo dos índios Carijós, o marco inicial do povoado foi a construção da Capela de São João Batista, em 1759 no local denominado Itapocoroy (derivado do guarani Itapocorá, cujo sentido define como sendo "parecido com um muro de pedra").

A região de Penha foi colonizada a partir do século XVIII com a invasão pelos espanhóis da Ilha de Santa Catarina (Florianópolis), por pescadores portugueses - na maioria açorianos - fugindo dos invasores e que procuravam novos locais para a caça e beneficiamento de baleias. A Armação do Itapocoroy tornou-se então sede, na época, de uma das maiores armações baleeiras do sul do Brasil.

A comunidade de Itapocoroy, por ter status de armação baleeira e sendo, portanto, um empreendimento particular, não pode ser elevada à freguesia durante o período em funcionamento como empreendimento empresarial.

Uma nova comunidade, criada a seis quilômetros da Armação por moradores deslocados de núcleos de Itapocoroy, teve progresso suficiente para ser elevada à categoria de freguesia em 23 de março de 1839, com o nome de Freguesia de Nossa Senhora da Penha do Itapocoroy. No século XIX a caça da baleia entrou em crise e foi substituída pela pesca artesanal e comércio rudimentar como subsistência.

Penha assume em definitivo a liderança como a sede da comunidade. No dia 21 de junho de 1958 foi elevada à categoria de município, efetivamente instalado em 19 de Julho do mesmo ano.

Seu desenvolvimento turístico teve início na década de 70 e hoje sua população gira em torno de 30 mil habitantes. Uma nova fase do município começou a ser vivida com a instalação do Beto Carrero World - maior parque temático da América Latina e quinto do mundo.

Penha, em expansão, vê surgir uma infraestrutura na parte de hotelaria e restaurantes, enquanto cresce também a maricultura.

Cronologia

- 1715, fevereiro - Desembarque na Praia de Itapocoroy do Sargento Mor Manoel Gonçalves de Aguiar, com a missão de reconhecimento da costa catarinense, seguindo a pé até São Francisco do Sul, para capturar criminosos na região.

- 1739, 04 de outubro - O navio Senhor dos Perdões e Santana com contrabando de bebidas, é apreendido por tropas do Governador da Capitania de Santa Catarina, após descarregar centenas de barris de aguardente e vinho na enseada de Tapocoroya (denominação registrada do episódio).

- 1759, 27 de abril - Fundação da Capela de São João Batista, em Armação do Itapocoroy

- 1777, fevereiro - A invasão espanhola da Ilha de Santa Catarina resulta também em uma invasão de gente nova em Armação de Itapocoroy; portugueses que foram obrigados a suspender a pesca da baleia na Ilha, escolheram Armação do Itapocoroy para abrigar o complexo para a captura e beneficiamento e de baleia, entrando em funcionamento no ano seguinte.

- 1820 - Visita do notável sábio francês Auguste de Saint"Hilaire em Armação de Itapocoroy, a quem dedicou um capitulo especial em seu livro "Viagem à Província de Santa Catarina".

- 1815, 30 de julho - O Arraial de Itapocoróy, então conhecido como Armação, é elevado a Curato.

- 1825 - Construção da Capela Nossa Senhora da Penha.

- 1834 - Elevação a Distrito de São Francisco do Sul.

- 1835 - Criação do Distrito Judiciário, tendo como primeiro juiz de paz o senhor Luiz Rodrigues Ferreira.

- 1839, 23 de março - Criação da Freguesia de Nossa Senhora da Penha de Itapocoroy.

- 1860 - Designação de Penha, distrito do município de Itajaí.

- 1900, 22 de novembro - Criação do Distrito Policial.

- 1958, 21 de junho - Conquistada a autonomia política, com a instalação do município em 19 de julho de 1958.

Fonte: http://www.penha.sc.gov.br/

Receba Notícias

Localização
Avenida Prefeito Eugênio Krause, 94, Centro
CEP 88.385-000 - Penha, SC
Veja no mapa
Horário das Reuniões Ordinárias
Todas as segundas-feiras,
às 19 horas
Horário de Funcionamento
De segunda a sexta-feira,
das 13h às 19h